sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Por reforma, Temer compra briga com servidores


BSPF      -     08/12/2017




Nas novas peças da campanha publicitária destinada a aprovar a Reforma da Previdência, o governo traz dados que atacam diretamente os funcionários públicos.

O tom é incisivo: os mais que detinham cargos mais altos recebem até R$ 30 mil de aposentadoria, enquanto o teto do INSS não chega a R$ 6 mil. As peças afirmam também que o gasto com o soldo de um servidor equivale ao de sete beneficiários do regime geral e ainda os apontam como entre os mais ricos do Brasil — em um vídeo dizem que estão dentro do 1% mais rico da população; noutra peça falam em 2%.

Com 3% de aprovação, e depois de vetar o aumento que havia concedido para categoria, Michel Temer não tem mesmo muito motivo para acreditar que possa ficar popular com a categoria — uma categoria, aliás, que sabe gritar.

Por Juliana Braga

Fonte: O Globo


Notícia Anterior
Próxima Notícia